REENQUADRAR! Para mim, está sendo ESSENCIAL!

Amores, eu já conhecia esse texto, inclusive já o publiquei, anos atrás, no blog. Mas hoje, ao recebê-lo novamente por e-mail, ele me pareceu tão novo! Porque eu, em outro momento, o entendi melhor. E consegui associá-lo totalmente ao meu momento. É impressionante, o encaixe foi perfeito. Leiam, depois dele eu explico melhor.

Contam que certa vez duas moscas caíram num copo de leite.
A primeira era forte e valente, assim logo ao cair nadou até a borda do copo, mas como a  superfície era muito lisa e ela tinha suas asas molhadas, não conseguiu sair.

Acreditando que não havia saída, a mosca desanimou, parou de nadar e de se
debater e afundou.

Sua companheira de infortúnio, apesar de não ser tão forte era tenaz, continuou a se debater a se debater e a se debater por tanto tempo, que, aos poucos o leite ao seu redor, com toda aquela agitação, foi se transformando  e formou um pequeno nódulo de manteiga, onde a mosca conseguiu, com muito  esforço, subir e dali levantar vôo para algum lugar seguro.

Durante anos, ouvi esta primeira parte da história como um elogio à persistência, que, sem dúvida, é um hábito que nos leva ao sucesso.

No entanto…

Tempos depois a mosca, por descuido ou acidente, novamente caiu no copo.
Como já havia aprendido em sua experiência anterior, começou a se debater, na esperança de que, no devido tempo, se salvaria. Outra mosca, passando por ali e vendo a aflição da companheira de espécie, pousou na beira do copo e gritou:

“Tem um canudo ali, nade até lá e suba pelo canudo”.

A mosca tenaz não lhe deu ouvidos, baseando-se na sua experiência anterior de sucesso, continuou a se debater e a se debater, até que, exausta afundou no copo cheio … de água.

Quantos de nós, baseados em experiências anteriores, deixamos de notar as mudanças no ambiente e ficamos nos esforçando para alcançar os resultados esperados até que afundamos na nossa própria falta de visão?

Perdemos a oportunidade de “reenquadrar” nossa experiência.
Ficamos paralisados, presos aos velhos hábitos, com medo de errar.

“Reenquadrar” é uma das ferramentas que tenho tido oportunidade de usar no apoio ao aprendizado e crescimento de clientes.

Pessoas que já perceberam que nem sempre esposo, pais, amigos, familiares ou mesmo o conselheiro espiritual pode mostrar-lhes a visão isenta do ambiente ou da situação que estão vivendo.

“Reenquadrar” é permitir-se olhar a situação atual como se ela fosse inteiramente diferente de tudo que já vivemos.

“Reenquadrar” é buscar ver através de novos ângulos, de forma a perceber que, fracasso ou sucesso, tudo pode ser encarado como aprendizagem.

Desta forma, todo o medo se extingue e toda experiência é como uma nova porta que pode nos levar à motivação de continuar buscando o que queremos.

Exatamente isso, comigo. Levei alguns aninhos cismada que aquilo que eu já tinha feito e aprendido, tão bem, tinha que dar certo sempre. Para sempre.  Mesmo quando estive mais focada, ainda assim relutava em admitir que um esforço a mais era necessário, já que eu estava em outro momento. 

Pior ainda, eu ficava sempre agarrada ao passado, embora fosse sempre a primeira a dizer a todos: vamos, gente, é em frente!!! Mas eu queria ir adiante, só que estudando no mesmo livro do passado, que não ficou obsoleto, mas eu já precisava de mais. Ou daquilo mesmo, com outra cara.

Como aquela música que a gente ouve mil vezes, mas um novo arranjo é o suficiente para ficarmos encantados com ela, como se fosse a primeira vez.  E aí ela nos enleva, nos faz sonhar, nos faz rir, chorar, cantar alto… ou baixinho, mas com a alma.

Finalmente, me vejo como uma mosca, mas não a que continuou se debatendo repetindo o que no passado deu certo. Eu sou a mosca na versão que ‘ouviu a outra’, e pegou o canudo e subiu.

No caso, a ‘outra mosca’ foi o meu espelho, a minha balança, o meu descontentamento com o que estava deixando acontecer, mas acima de tudo a outra mosca foi eu  mesma,  me dizendo: ei, psiu, eu te amo! Me cuida direito, olha para mim, o que está pdendo fazer de diferente? Muda alguma coisa, criatura! Reenquadra!

Reenquadrei. A nova música é o meu caminho de hoje, a mesma música com novo arranjo, me fazendo de novo rodopiar, sonhar, cantar, sorrir … emagrecer com saúde, com motivação, com alegria, com garra!

Em 1 mês e 3 dias, sem privações, sem radicalismos, mandei embora 3,3 kg. Com menopausa, com calor, com inchaço e o escambau. E vou em frente.

A quem isso tocar, minha dica: reenquadre. Vale a pena. É bommmmmmmmm demais!

Beijos!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

20 respostas para REENQUADRAR! Para mim, está sendo ESSENCIAL!

  1. Lu disse:

    Estamos no mesmo barco miga,
    A danada da menopausa atrapalha um pouquinho mesmo, e ando pra lá de calorenta, rsrsr
    Mas quem disse que seria fácil? Essa fase foi feita pra podermos valorizar cada pequena conquista. E vamos que vamos, nessa ladeira de canudinho! rsrsrs
    Mil beijinhos,

  2. Lela disse:

    Cada lição….
    Tem horas que fico até sem palavras ao ler e como me enriquece!

    Desculpe-me a confusão do VP (aff)
    Só eu mesmo! kkkkkkkk

    Beijokas e muita força!

  3. Lindo isso!!! Amei!! E vou dizer mais… acho que eu estou fazendo exatamente como essa mosquinha que caiu no copo d’água. Preciso me reenquadrar!

    Parabéns pela conquista!!

  4. Wanessa Chus disse:

    Oi Beth! Achei magnífico o seu texto e a sua sinceridade, a franqueza consigo e com todos a sua volta. Concordo plenamente contigo, comigo aconteceu algo semelhante: a 8 anos atrás tinha emagrecido um monte ( uns 20 quilos ) sozinha e achava que jamais engordaria de novo e que era expert no assunto… Me enganei e caí feio quando engordei 30 quilos na gravidez , achei que era ”poderosa” e q iria conseguir tudo de novo, como antes. Ledo engano! Demorei muito pra admitir que não conseguiria sozinha e q precisava de ajuda…Fui ao fundo do poço mas continuava cavando sem parar, até que um dia cansei e resolvi subir novamente. E cá estou eu, com 10 quilos a menos, e no caminho de eliminar os outros 20. Devagar e sempre…
    Obrigada por dividir com a gente seus momentos, sua vida…
    Um beijo enorme,

    Wanessa Chus

  5. Geórgea disse:

    Hehehehe, por tudo isso vc é a minha musa preferida, hehehehehe…
    Beijocas

  6. To precisando muito disso…que bom passar por aqui e ler este texto hj. Renovar animo e seguir em frente sempre!!!!
    Obg amiga!
    Bjbj Cris.

  7. Cris disse:

    É amiga, texto perfeito, aprendi que se a gente só fizer aquilo que sempre fez, só obterá aquilo que sempre obteve, situações novas pedem abordagens novas, é o que tenho feito, aos poucos, saindo do fundo do poço em que me joguei…beijão e bom final de semana!

  8. teresinha disse:

    Esta semana entrei numa de reencuadre con a minha tese doutoral. Uma outra mosca me mostrou onde estava o canudinho e eu fiz caso e tudo está dando certinho. Parece mentira que justo en este momento você escreveu este post: O tempo do Universo é perfeito. Estamos na mesma onda, amiga

    Un abrazo Beth, sigamos encuadradas!

  9. dani disse:

    Beth para variar sempre que venho aqui me recarrego de esperanças que um dia tudo ficará como quero , mas hoje lendo este texto vejo que preciso me reenquadrar a nova fase da minha vida e esquecer algumas coisinhas do passado, obrigada por dividir tudo que pensas e sente me fez muito bem ler este texto…bjs Dani

  10. Walquiria disse:

    Oi amiga Beth, parece que este post foi pra mim, basta ler o meu! Beijos

  11. Lu disse:

    Passando pra te desejar um ótimo final de semana e ler post novo, mas não tinha… Snif, snif, buááá.
    Rsrsrs
    Bjs,

  12. Priscila disse:

    Oi Beth

    Adorei o Texto…uma super lição, estou precisando me reenquadra também 😉

    Bjuss e um otimo fim de semana

  13. Ane Caroline disse:

    Desculpa a sinceridade, mas vc é nossa mosca!!!!
    muitas vezes vc me escreveu motivando, alegrando, e isso faz de ti alguem que nao só olha pra situaçoes das pessoas, mas vc realmente se importa com elas e quer ajudar….
    Obrigada pela sua vida, pela sua coragem de começar isso aqui a tantos anos atras e hoje nós nos somamos a vc nessa batalha constante!!!

    bjs.

    Ane.

  14. Muitas vezes temos de nos adaptar a mudanças dos novos tempos, se quisermos sobreviver. Abraços.

  15. Lili Bolero disse:

    Olá Beth…há muito deixei de visitar minhas queridas amigas da blogosfera, abandonei a RA e consequentemente meu cantinho que eu amo tanto. Havia escrito um post para publicar dia 1° de março. Escolhi esse dia porque era início do mês. Um marco para meu recomeço. Não funcionou. O dia passou e eu nem aí para a RA. Precisava ter vindo aqui para ler essa história e me identificar ao extremo com ela e com as coisas que você escreveu. Obrigada! Amanhã, quando chegar do trabalho, vou postar sobre o meu dia e pode ter certeza que ele terá sido perfeito. Obrigada mais uma vez.

  16. Nina disse:

    Oi Beth!
    Texto perfeito!
    É exatamente isso… Aprendizado!
    beijos*

  17. Vanessa disse:

    eu nesses quase 3 meses de ra , tenho que ser essa morquinha dentro de mim, pois a cada dia que passa fica mais dificil,a cada dia é um novo desafio, mais vamos, agente é forte e bora… um dia de cada vez.
    Beth obrigada pelos comentários adoro…
    e me perdoe a demora em vir te visitar…. correria… sabe como é…

    beijinhossssssssssssssssss

  18. Maria Ignez disse:

    Querida Beth, também estou nesta corrente de auto estima e re-emagrecimento, vamos conseguir com as ondas de calor da meno e que mais tivermos que superar. Exito absoluto. beijão/ Ignez aqui de sampa.

  19. Elaine disse:

    Estou reenquadrando..em todos os sentidos!
    beijukas

    Amei o texto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s