O motivo do novo sumiço

Beijos em todos, primeiramente, em agradecimento pelas visitas, pelos comentários carinhosos, incentivadores, deliciosos. Valeu queridos, valeu.

Então, eu não pensava em sumir de novo daqui, embora a proposta não fosse ficar mais tão presente, porque falta tempo, falta até assunto, sabem como é.

Mas, acabei ficando de novo um tempão sem dar as caras.

Admito que não entendia tanto o motivo de não estar tão animada em vir conversar. Adoro meu cantinho, adoro essa nossa convivência e, mesmo não tendo lá grandes e lindas novidades sobre meu processo de ‘re-emagrecimento’, sei da importância de compartilharmos.

Até achava que entendia, mas por dentro eu me estranhava. Já vinha me sentindo desencaixada há algum tempo, mas isso se acentuou. Metida a ‘fodona’ (desculpem o termo, mas nada se encaixa melhor que ele), relutava em aceitar que estava meio fora do meu controle.

A acupuntura médica me ajudando muito, me fazendo um bem tremendo, mas… tinha algo mais. Ah, tinha! De repente, o meu corpo de novo não correspondia ao meu empenho, que vinha melhorando bastante. De repente,  eu já estava de novo bobeando aqui e ali, sem saber o que estava havendo. E quando eu caprichava, ainda assim não via progresso, de novo.

E aí, queria vir aqui contar, desabafar, mas… no meio do caminho eu perdia a vontade. Vergonha de dizer que estava indo mal? Não, nada disso. Era uma coisa maior. Parecia que algo me esvaziava da vontade, da inspiração. E comecei a ficar assim: DESINSPIRADA.

Primeiro, desinspirada a vir conversar. Depois, notei que era desinspirada a me manter focada. E comecei a brigar comigo mesma, o que é isso, Beth? Puxava-me as orelhas, dizendo-me coisas que eu precisava ouvir, mas não me ouvia e perdia a vontade de dar a bronca.

Comecei a ficar melancólica, chorosa. E, às vezes, alegre demais. Em minutos. Uma hora, estava de saco cheio de tudo, outra hora era a mais alegre do grupo, a mais engraçada, a mais espirituosa. Depois, já estava de novo de saco cheio. Era uma com um grupo, era outra com outro.

Em casa, estava cada vez mais quietinha, outra hora cheia de amor pra dar. Ou quase. O diagnóstico não tardou: depressão.

E aí, outro conflito. Como assim, eu, a maioral (sim, pretensão é fogo…) tendo isso? Entendia e enxergava isso em qualquer outra pessoa e não conseguia admitir que estava acontecendo comigo. Não, comigo não. Eu devia estar chateada, triste, cansada, estressada, com dor no pé torcido e demorado a ficar bom, mas depressiva? Não, isso não era para mim.

Demorei a perceber que uma coisa é não se apropriar disso, é lutar, é botar pra acontecer a mudança, a melhora, a cura. Outra é recusar que a coisa está acontecendo e não cuidar como deve ser cuidada.

Coisas que enxergo longe no outro, mas em mim mesma, procurei não ver, até que não deu jeito.

Outra médica, também super querida e confiável, e o diagnóstico foi confirmado. E comecei a me tratar. Com homeopatia, florais e alopatia. Mas a alopatia não deu certo. Sou tão ‘limpinha’ de remédios como esses, que a dose mínima, bem pequena mesmo, de um determinado medicamento me derrubou, a ponto de eu ficar totalmente grogue no trabalho, precisando ir para o soro no posto médico para acelerar a eliminação da química.

Outra tentativa, em um domingo, em casa, mostrou que não dava mesmo, eu dormi o dia todo.

Então, a médica me deixou 20 dias só com florais e homeopatia, e na reavaliação desta próxima semana vamos ver o que será.

Estou bem melhor mas, claro, à medida que entendi e aceitei o que estava/está me acontecendo, melhor daqui e aceito também que precisarei de algo mais.

Não me aproprio, nao me apaixono pela depressão. O desbalanceamento hormonal, os neurotransmissores em baixa, alguns problemas e chateações que me abalaram ao mesmo tempo, tudo junto e misturado, acabou gerando isso.

Então, vamos trabalhando para que tudo se dissipe. E vai dissipar.

Não sou depressiva, estou passando por isso, é pontual e vou mandar embora. Bem acompanhada e orientada, sendo disciplinada no seguimento do que me é prescrito e, principalmente, não me rendendo a nenhum baixo astral por muito tempo, tudo se ajustará aos poucos.

Não sou do tipo que fica largada, com peninha de mim (até teve dia em que, me sentindo tão esquisita, senti, sim). Reajo. Trabalho com afinco, interagindo numa boa com todos e até me divertindo bastante. Me arrumo e capricho, sim, nada de ficar desgrenhada porque os hormônios estão assim-assado e tudo mais.

Faço as unhas, me mantenho bonitinha, já tinha cortado o cabelo (mostrei no outro post) e há 10 dias fiz novamente luzes para dar um Up na fisionomia.  Vejam uma foto recente (não reparem, foi tirada com o celular, não fiz nenhum tratamento nela).

Voltei a usar o Renew, vamos cuidar para manter a pele bacaninha.

No dia 10 de agosto fiz 56 anos e, graças a Deus, me senti ótima e linda no dia. Foi um dia gostoso, alegre. Não tenho grilos com idade, continuo me sentindo uma garotona, uma cinquentona moleca, que está passando por uma fase diferente, mas que também, como todas as outras, trará auto-conhecimento, aprimoramento, nada é à toa.

O chato é que dei uma boa engordada de novo, nem sei quanto, mas acho que os 7 kg que havia emagrecido já voltaram, ou quase todos, não sei. A orientação médica é de não ficar encanada com isso agora, que aos poucos voltarei ao eixo e, naturalmente, começarei de novo a ficar mais focada, determinada e tudo mais.

Não é hora de ficar grilada com peso, aborrecida com corpo etc. Não é para chutar o balde, mas não é para ficar ligada nisso também.  Mas estou muito gorda, gente… ah estou…E cheia de retenção de líquidos também.

O pé está melhorzinho. Já não preciso mais andar todos os dias com o estabilizador de tornozelos (cast), mas ainda sinto dor, é preciso muito cuidado. Na última consulta que fiz, há poucos dias, o médico foi claríssimo: é para andar o mínimo possível.

Continuo fazendo fisioterapia diariamente, aumentando os tipos de tratamento, mas já sei que ainda terei um bom tempo para ficar totalmente recuperada. Mas, nisso eu tenho sido totalmente disciplinada, focada, eu quero porque quero ficar totalmente boa e estou sendo um primor. Não falto à fisioterapia, não deixo de fazer nada do que me orientam.

Então, é isso. Fiquei vários dias sem sequer ligar o computador de casa, por total falta de vontade de escrever, mas nestes últimos dias já voltou a vontade e vim aqui hoje para contar como estou, pedir aos que ainda me acompanham que me desculpem não só pela falta de notícias, mas pela falta de visitas, não tenho sido uma boa companheirinha, mas isso tudo aos poucos vai mudar de novo tá?

Fiquem com Deus, espero que estejam bem! Beijocas!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

47 respostas para O motivo do novo sumiço

  1. teresinha disse:

    Beth, minha querida, prá mim menopausa também deu com depresão, eu ia para o trabalho e ficava dormida encima do escritório. Só fazendo tratamento mesmo, aquêle que der certo para você porque cada pessoa como você pôde comprovar reage de forma diferente aos medicamentos. Más cuando o seu médico acertar con o tratamento todos eses síntomas tão íncomodos vão acabar. Lhe desejo o melhor que você se cure rapidinho. Um abraço bem apertado.

  2. Lu Rodrigues disse:

    Oh Beth! Que saudade!
    Querida amiga te entendo e muito, pois lutei muito com a depressão e finalmente em dezembro passado tive alta e graças aos Deuses não tomo mais remédio. Hoje em dia só terapia 2 vezes por mês. Pode se animar miga, porque tem jeito viu? Segue direitinho as orientações da medica e quando menos esperar a vida volta a ser colorida. Pode acreditar!
    Um grande beijo no seu coração! E se mantenha firme!

    • Emersom disse:

      “Hoje em dia só terapia 2 vezes por mês.”

      Terapia é fundamental! Terapia cheia de louça para lavar. Isto mantêm a cabeça ocupada, porquê com a cabeça vazia vem a depressão, etc.

      As mulheres que mais se queixam da vida, são as que mais têm tudo dos homens.Vocês são classe média, podem observar como gente pobre é mais feliz que vocês.

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Beth disse:

        kkkk Emerson,
        Bom, eu tenho muitas atividades, trabalho bastante, o que não existe por aqui é cabeça desocupada. Mas você está certo, talvez a gente complique mais um tanto do que pessoas mais simples, é caso a pensar. Obrigada pela visita.

  3. Tetê disse:

    Oi Beth! Vixe… menopausa é mesmo um problemão. Mas passa, e rápido! Eu entrei precosemente na menopausa e já me livrei de quase todos os sintomas. Com o organismo alterado, o peso também altera e a gente tem que ver a situação pelo ponto de vista da saúde e não da estética. Eu lutei um bocado contra isso, mas já aceitei! É fato, tem que aceitar! A boa notícia é que o VP está de volta à Araruama e eu vou voltar! O povo aqui diz: mas você já tem todo o material… e as reuniões? Elas são fundamentais! Eu cheguei a conclusão que elas é que emagrecem a mente e consequentemente o corpo responde positivamente!
    56 anos? Uma menina moça! E está linda com esse corte e as luzes! Parabéns e Deus abençoe esse novo ano de vida! Bjks Tetê – Avaliando a Vida

  4. Wanessa Chus disse:

    Firme Beth! Não desista de vc nunca! Espero que melhore logo, e o que precisar, vc sabe qie pode contar comigo, e tenho certeza que com todos que vem aqui!!!!!!!!!
    Um bj enorme e força na peruca!!!!!!!!! 😉

  5. Denise disse:

    Oi Linda, saudade de ti viu, dos encontros de antigamente, ando cheia de saudades =)
    Eu tenho depressão desde meus 11 anos pela doença da minha mãe e q foi adicionando motivos ao decorrer dos anos, mas p mim homeopatia q me salva, pq alopatia mesmo me deixa bem pior, e com o Marcelo, apesar dele não acreditar tb está funcionando, rs
    Bjs, uma ótima semana p ti + bjs

  6. Bruxa do 203 disse:

    Parabéns pelo aniversário! A aparência está ótima! Você mostra uns 15 anos a menos.

    Melhoras! Que todo o resto se resolva logo. 😉

  7. anelli disse:

    Ei queridona. que saudades de vc… parabens e muita saúde e paz viu? agora vc vai se sentir muito bem com a homeopatia e florais e tb a acupuntura…..eu conheço bem essas ciências., sou terapêuta de florais e acupunturista agora =)
    vai dar tudo certo viu? te adoro e para o alto e avanteeee

  8. Oi, Beth!

    Nossa, cada vez mais eu me convenço de que qualquer pessoa pode ser afetada por depressão, QUALQUER uma, mesmo aquelas que sempre foram felizes, positivas, alegres, que nunca imaginaríamos que pudessem passar por isso.

    Então, eu desejo que vc melhore, que continue fazendo o q tem de ser feito, q tenha paciência para esperar as coisas melhorarem.

    Um beijo, fique com Deus.

    PS: Beth, eu tinha te falado no último post p vc me mandar um e-mail pq eu queria ver sobre um negócio particular com vc. Qdo der, me mande.

  9. cris rocha disse:

    Oi Beth, que bom que é ter você de volta. Vi sua foto, você está linda, está muito bem com cara de uma menina de 30 e pouco. è sério. Amiga, tambem desispirei, perdi a vontade devir aqui, e veja no que deu: engordei masi de 20 quilos eme sinto péssima. Ai , vamos juntas. È tão bom ter a sua companhia. Boa semana e muita disciplina. Beijocas

    • Beth disse:

      Queridona, eu ‘reconquistei’ mais de 20 quilos, dos 53 kg que havia mandado embora. Mas eles vão embora de novo, é questão de tempo e prioridade, que agora é de me reorganizar, emocional e fisicamente, depois isso vai ser resolvido também. Vamos juntas sim querida, sempre! Beijão!!!!!

  10. Rosely Gil de Paula disse:

    Estou sempre aqui torcendo pra vc ser feliz.
    Rose

  11. solpaul2000 disse:

    Você está linda na foto! Parabéns pelo aniversário! Só o fato de você escrever já é um indício de que você está melhorando. Espero que melhore em todo o resto.
    Bjs!

    • Beth disse:

      É verdade, querida! Voltar a escrever, mesmo sem tanta frequência, é um sinal de virada, eu também pensei isso quando me vi querendo vir conversar. Hoje virei de novo, estou preparando um post. Beijos amore!

  12. Alisson disse:

    Minha Musa Inpiradora, você pode tudo, até mesmo sentir-se frágil que continuaremos a segui-la, pois, uma Rainha jamais perde a majestade, viu?!
    Passei por uma síndrome do pânico e nem a alopatia deu conta. Busquei ajuda alternativa e superei. Tenho a certeza que essa fase ruim é um alerta, um aprendizado e voc~e garota esperta que é vai tirar de letra.
    Já te cumprimentei pelo face, mas reforço o meu desejo de muita saúde, alegria, amor e paz porque o resto voc~e corre atrás e consegue.
    Beijão.

    • Beth disse:

      Queridona, você é uma doçura, obrigada. Eu adoro também as ajudas alternativas, acho que tudo soma, quando é feito com responsabilidade, seriedade e amor. Essa fase ruim é realmente um sacode, sabe? Mas, sairei dela m ais forte e ‘tremendona’ do que antes, aguarde! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk beijos

  13. Eliane Stahl disse:

    Oi Beth
    Estava com saudades…não te procuro há algum tempo, confesso…e hoje senti sua falta.
    Já passei por isso e a partir do momento que reconhecemos que algo não está legal e procuramos ajuda o processo inicia. Para mim foi difícil admitir….
    Superei aquela fase…onde engordei horrores …fiz a Gastro e agora….bem…
    Parece incrível ( providência?) mas passo por uma situação semelhante….à exceção do pézinho ( melhoras!!! ) Estou recomeçando…tenho psiqui hj…já tô nessa há mais de seis meses…e agora estou me sentindo mais forte….e com isso…vou à luta!!! Ontem revisei as tabelas do VP…e com Gastro e tudo dei uma engordada…uns 6 kg..vou correr atrás do prejú.
    Estou aqui. Você em minhas orações….Vai dar tudo certo. Já está dando!!!!
    Abraço grande
    Eliane

    • Beth disse:

      Querida, você já deu conta antes e dará agora também.
      Tenho certeza de que vai se reorganizar, em todos os setores, e ficará ótima, estou com você também no coração, viu? Aliás, anteontem eu saí com um colar azul lindo que uma certa amiga me enviou há anos, sabe do que estou falando né? Guardo e uso sempre com imenso carinho, viu? Beijoca!

  14. Paty Roberta disse:

    O início do seu post parece ser escrito por mim. Essa falta de vontade de postar, que a gente não consegue entender…
    Bem, eu também tenho depressão e a partir de setembro voltarei a tratar com psiquiatra, pois minha endócrino afirmou que não vou emagrecer se não cuidar disso. Eu concordo! Sempre descontei minhas emoções na comida.
    No meu caso, é uma coisa química mesmo, eu sempre tive depressão, não é algo que eu possa ignorar, ou fingir que não existe. Eu preciso MESMO de acompanhamento médico.
    Estou aqui na torcida para que você consiga superar isso, que trava tanto a nossa vida. Só quem tem sabe como é. E é muito difícil conviver com essa doença, muito difícil tocar a vida.
    Dê notícias sempre, gatinha!
    Muitos beijos!!!

    • Beth disse:

      Paty querida, vamos vencer essa fase sim. Eu nunca tive antes, pelo menos nunca foi diagnosticada, talvez em alguns momentos mais críticos ela tenha encostado, mas eu ou não notei e não dei bola (e ela foi cantar em outra freguesia), ou não era ela. Mas agora, em face dos hormônios desbalanceados etc., a coisa pegou, mas eu vou meter bronca sim. Vamos nos cuidando tá querida? Estou como sempre na sua torcida, você sabe. Conto com a sua, minha linda, amiguinha de tantos anos, tão qu erida. Beijos.

  15. Força Beth, vc sempre foi minha inspiração e sempre vai ser, vc vai sair dessa eu sei, vc é super forte! E está lindona a foto ficou mara! bjokas

  16. Luana disse:

    Mamy, vc jah descobriu o problema, agora é continuar tratando e esperar o tempo.
    To torcendo muitao por vc, viu?
    Bjão,
    Luana

  17. Luana Marques disse:

    Mamy, vc jah descobriu o problema, agora é continuar tratando e esperar o tempo. Continua linda (amei a foto). To torcendo muitao por vc, viu?
    Bjão,
    Lu

  18. Maria Ignez disse:

    Querida Beth, que bom receber noticias suas, estava preocupada e no intimo imaginando que algo estava acontecendo. Mas são coisas que fazem parte da nossa vida, esta nossa questão hormonal altera até o estado da alma e voce esta se cuidando e vai ficar muito bem com a graça de Deus, isso vai passar tambem, fica firme sempre na sua luz, vai dar tudo certo! um beijão, sempre na torcida para sua felicidade! Ignez

    • Beth disse:

      Oi Ignez, obrigada queridona, eu estou na estrada, sempre. Nem sempre com aquela energia toda, mas sempre disposta a percorrê-la, sempre com fé, sempre com muita confiança de que sou capaz. Beijos milhões

  19. Cris disse:

    Amore, passando para saber das novidades. Será que tá tudo bem ? `Dê notícias. Beijo grande e boa semana !!!

  20. Tetê disse:

    Beth, você é uma vencedora e claro que vence essa batalha, também! O primeiro passo para a vitória é aceitar a luta e você chega lá! Bjks Tetê – Avaliando a Vida

  21. Flávia disse:

    Olá Beth, preciso me animar a cuidar da minha pele, a sua está ótima… Depressão é péssimo, mas graçasà Deus que amigos nos ajudam a sair dela. Beijos!

    • Beth disse:

      Flavia, se anime sim, vale a pena viu? Você MERECE sempre tudo de bom que fizer por si mesma. Estou vencendo devagarzinho, querida, logo estarei bem. Beijos e obrigada!

  22. Valquiria disse:

    Concordo com a colega lá de cima quem é RAINHA nunca perde a MAJESTADE e você é a nossa RAINHA Beth sempre… Não existe outra!
    Já, já você estará contando suas vitórias vc vai ver… Está linda, adorei o visual, minha mãe fez 56 anos tb em agosto agora dia 02 assim como você ela é toda moleca, vaidosa e disposta me baseio muito nela, vocês são exemplos p/ nós!
    Super beijo,
    Val sleevada

    • Beth disse:

      Valzinha, obrigada, você é uma anjinha viu? Parabéns à sua mamãe, que Deus a mantenha assim, forte, feliz, exemplar! Beijos querida!

  23. Preta disse:

    Beth meus parabéns pelo seu aniversario e também pela sua batalha! Dias melhores sempre virão, a depressão eh muito difícil mesmo, mas pare um pouco e olhe pra traz, veja como você já eh uma guerreira, uma vitoriosa, nunca se esqueça que a força está dentro de você. Desejo tudo de tudo de bom!! Aliás fiz meu blog depois de ficar MUITO motivada com a sua história de sucesso. Tudo de bom!!
    Bju

    • Beth disse:

      Oi Preta, muito obrigada pelo carinho e pelas palavras tão motivadoras. Sim, olho para atrás, para a frente e para o agora, a hora é essa, estou na batalha e vou em frente. Vou lá no seu blog, me aguarde, tá? Mas me mande o endereço, menina! kkkk Beijos

  24. cristina monteiro disse:

    Concordo que depressão definitivamente não combina com vc mas as vezes temos que passar por algumas coisas e com certeza aprendemos e crescemos nos momentos dificeis. Eu ja tive depressao ha muitos anos (na adolescencia). Engraçado como vc consegue nessa situação manter a mente lucida, fertil, capaz de nos passar suas lições de vida e transmitir sua energia e vontade de viver. Muita força para vc!

    • Beth disse:

      Oi Cris! Pois é, tudo nesta vida tem o seu porque, então vamos aprender com mais isso! Realmente, eu consigo levar a vida na boa (dentro do possível), procuro entender o que está acontecendo, aceitar foi mais difícil, pois eu me via ‘acima’ disso e hoje vi que não, sou humana sim e, apesar de contrariada (kkk), suscetível a algo como essa depressão que, pelo que estou sendo orientada, é questão mesmo de química, é o desbalanceamento hormonal provocando uma sacudida esquisita, mas que vai sendo vnencida pouco a pouco. Beijos amore, obrigada!

  25. Mauro disse:

    Beath, eu sou homem, mas também faço uso do Renew.
    Antigamente só existia um tipo de Renew, hoje existem várias fórmulas, mas percebi que todas fraquíssimas no que diz respeito a reação do ácido fólico na pele. Na época, bastava passar duas vezes ao dia e em uma semana já se observava os efeitos benéficos, mas com o produto atual, tem que passar o mês inteiro e mesmo assim, o resultado não é o esperado. Será que ele colocaram Q.S.Q demais no produto novo?
    Você saberia me dizer qual das fórmulas atuais do Renew, que mantém a fórmula forte como o produto antigo.

    • Beth disse:

      Mauro, eu não tenho a menor idéia do que há nas fórmulas do Renew. Confio por ser a Avon, que tem tradição, conquistou ao longo de muitos anos credibilidade e, nos últimos anos, especialmente, demonstrou avançar bastante na qualidade dos seus produtos. Mas acho que antes, realmente, via-se um resultado a curto prazo que já não ocorre mais, concordo com você nisso. Obrigada pela visita.

  26. Geydy disse:

    Oi Beth! Faz um tempão que não te visito… vim aqui dar uma espiadinha e me deparei com este post. Espero que você melhore logo. Bjs

  27. Maria Ignez disse:

    Beth, voce esta bem? um grande abraço e volta logo, que Jesus a proteja.
    Ignez

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s